O que devo fazer para aumentar o valor ou a frequência dos meus aportes?

fala galera, como já falei no meu post anterior sobre investimentos, eu tenho cerca de 10 mil reais investidos, isso porque cerca de 4 mil foram passivos que espero que me dêem resultado no futuro.

muito bem. o fato humilhante é que não estou conseguindo mal juntar míseros 100 reais por mês para investir. é um valor ridículo, eu sei, considerando que ganho quase 3k (na verdade são 2k líquidos, mas explicarei isso melhor em outro post). e olha que meu banco é possível fazer TED’s a partir de 500 reais, sem custo, se for um por mês.

eu já tentei cortar custos fixos, porém, exceto uma conta de celular de 30 reais, não tenho praticamente custos fixos, mas muitos variáveis (isso porque sou casado com 2 filhos).

vou tentar por aqui meus gastos para vocês verem

É claro que isso é apenas uma simulação, ainda não tenho um orçamento definido direito, mas este seria um belo exemplo de como facilmente cheguei a gastar 2 mil reais em algumas coisas que são besteiras. leites e fraldas ainda não é possível cortar (quase lá, falta pouco menos de um ano e o guri já vai parar de usar fraldas e vai tomar leite de vaca)
internet é um luxo que eu faço questão. o celular estou pensando seriamente em cancelar. cartão de crédito eu tinha 3, já cancelei dois, mas ainda estou com um, devido não ter anuidade e eu nunca atrasá-lo (tenho um limite alto nele)
Supermercado até poderia reduzir, mas é difícil ser frugal, quando não se está sozinho. minha mulher sempre quer comprar besteiras das quais o pobretão falou. refrigerantes, doces, chocolates, biscoitos, salgadinhos e tudo mais. é foda. mas ainda consigo cortar uma parte. tentando melhorar isso aí e ensinar o ovovegetarianismo para minha esposa. é uma opção radical, mas bem mais barata na minha região. já comprei uns livros e tal. falta por em prática o que já aprendi, mas uma hora (acredito que nas minhas férias) eu consigo.

quanto ao pediatra e remédios, sempre vamos, pois não se engane, se tiver filho pequeno, sempre irás levá-los nem que seja uma vez por mês, seja por causa de simples acompanhamento, ou por causa de doenças, desde simples alergia e tosses até coisas mais graves, como gripes demoradas, quedas, acidentes e coisas afins. os remédios também estão na faixa que eu coloquei. coloquei 2 ali, porque são 2 filhos, geralmente tem retorno gratuito em até 15 dias, o que permite levá-los duas vezes ao mês.

quanto aos lanches noturnos que só servem para engordar, o fato é que no fim de semana na minha cidade não existem opções gratuitas de lazer ou nas que existem vc vai ser assaltado ou coisa parecida. como não tenho carro, e não existem opções de ônibus por aqui, e o táxi é caro, fico refém das mesmas opções.eu elevei os gastos um pouco, porém tem meses que eu realmente gasto isso daí.

o que realmente daria para cortar seria meu cartão, e o celular. mas na prática continuaria gastando com crediário na cidade (tenho em muitos lugares, mas praticamente não uso, usei hoje nos dia da mães para comprar um tanquinho novo, pois o outro já tem mais de dez anos e está todo fudido)
o celular idem, continuaria gastando com créditos, talvez menos, mas ainda sim gastaria uns 30 reais com minha esposa e uns 20 comigo.

o que me resta é tentar alguma opção de renda extra, já que tenho um bom tempo livre. já tentei afiliados na internet, mas o retorno que eu tive só deu para cobrir os gastos. penso em prestar um concurso de nível superior num futuro próximo. ou um mini investimento (vender detergentes caseiros, montar um mini-carrinho de cachorro quente esse tipo de coisa). contem aí suas sugestões