[Minipost] O Lado bom e ruim de se trabalhar em escalas de serviço para um JPBF

Vá Trabalhar - Você não está sendo pago para acreditar no poder dos sonhos.
Vá Trabalhar – Você não está sendo pago para acreditar no poder dos sonhos.

Com alguns do blog já sabem, trabalho em escalas de serviço. Para quem não sabe o que é, é só dar uma olhada no google. basicamente você não segue a rotina tradicional de trabalhar em “horário administrativo” em que se entra  às 8 da manhã, sai meio dia pra almoçar, volta 1-2 horas depois e trabalha mais 4 horas para ir pra casa. A maioria das pessoas tem o sábado e domingo de folga. Eu não tenho. Como eu sou sabatista, todo mês eu me aperto tendo que efetuar trocas para não transgredir o shabbat. Na verdade eu não me incomodo muito de trabalhar em feriados, natal, carnaval, ano novo, etc. Pra mim é só mais uma forma de ganhar dinheiro, já que nesses dias recebo um adicional pelo feriado. O problema realmente é o shabbat que minha empresa teima em não me dar livre. Outro ponto muito ruim da minha escala: ela é H18 e 4×1. Ou seja: a empresa abre às 6 da manhã e só fecha meia-noite. Sendo assim eu trabalho 4 dias e folgo 1. Porém o que acontece é que todo dia você trabalha num turno diferente. Num dia você está trabalhando das 18 às 00, no seguinte das  12 às 18 e no outro das 06 às 12. E ainda por cima, tem que esperar o colega do próximo turno chegar para “passar o serviço”. Sendo assim, além de você ter que trabalhar em QUALQUER dia da semana também é em QUALQUER horário. Ou seja, você não pode se programar pra nada. Quer sair no fim de semana para a cidade X? não pode, vai estar trabalhando. Folgou justo na quarta-feira? a única coisa boa é poder ir no banco sem ter hora pra voltar, pois o trânsito nesse dia é um inferno. Me esqueci de falar que em horário de verão a empresa aqui abre uma hora mais cedo por estar no norte do país. então para eu chegar 5 horas na empresa tenho que acordar pelo menos às 4. se eu sair do trabalho às 11, até eu chegar em casa, tirar a roupa e tudo mais, já vai ser meio-dia. ou seja, “perdi” 8 horas do meu dia (6 efetivamente trabalhando – as outras duas me arrumando pro trabalho)

Eu sei que muitos vão querer me hatear, pois 6 horas é relativamente pouco. A questão é que meu trabalho está entre os mais estressantes que existem. Posso estar folgando de boa em casa, que se o companheiro de serviço faltar por qualquer motivo, serei convocado e terei que ir trabalhar imediatamente, não importa o que eu estiver fazendo. Me sinto escravo dessa empresa, maldita legislação militar, hoje em dia sei o que os militares passam e porque muitos querem vazar de lá. Enfim, este foi só mais um post de desabafo. Até a próxima pessoal!

  • Voltou com a caixa de comentários do blogger? hahaha
    Enfim, pense que pelo menos está fazendo um pé de meia. Com certeza com esses adicionais você não ganha pouco.
    Pior é quem está desempregado, procurando emprego que pague próximo do que ganhava antes.

    To desempregado again e só aparece vaga para ganhar 50% do eu ganhava no meu penúltimo emprego. O que estou fazendo? Mandando currículo oras. Ter um emprego de bosta ainda é melhor do que não ter emprego algum.

  • HighLander

    voltei, realmente era um lixo, assim é melhor até pra administrar, pena que os comentários antigos foram pro ralo… mas ainda assim está aparecendo a caixa do google+ pra mim, não sei porquê, deve ser erro de cache…