Review:Os melhores e-readers para os pobretões:

Como vocês podem ver, um dos produtos que recomendo é um e-reader. É um leitor de livros, que por incrível que pareça a tela não dói a vista como um tablet comum, pois utiliza um recurso chamado E-ink (tinta digital), que deixa a tela bem parecido mesmo com a superfície de um livro, é até porosa igual.Os melhores que já pude utilizar foram o Kindle da Amazon e o Lev da Saraiva. Na verdade ambos são bem parecidos. O Kindle possui livros mais baratos e uma variedade de títulos digitais bem maior para se comprar no site da Amazon. Ele lê Arquivos .mobi e .azw (formato próprio da amazon) e epub’s com assinatura digital. Tem um suporte limitado a pdf’s, mas tem um bom serviço de conversão que a amazon faz, em boa parte dos casos fica bom. Antigamente o kindle podia ser hackeado (para ler pdf’s nativamente ou mangás por exemplo), hoje em dia não mais, somente abrindo o aparelho e soldando uma entrada, o que pode danificar o dispositivo. Já o Lev possui um melhor suporte a pdf’s com o recurso pdf reflow (que  deixa ótima a leitura, tira as margens, etc). Então Neste caso, ponto para o Lev, que permite que nós pobretões baixemos arquivos e não precisemos ficar comprando, afinal o acervo de e-books em pdf é gigante.

Existem outras opções como o Nook da Barnes & Nobles e o Kobo, porém nunca usei e nem pretendo.
Tanto o Kindle quanto o Lev possuem interfaces semelhantes, empate para os dois. Ambos também possuem a opção do aparelho com iluminação, que acho indispensável até. No quesito preço, o Kindle geralmente ganha, e uma hora ou outra a Amazon faz promoções. Eu optei pelo Kindle e me arrependi por não ter conseguido hackeado ele e também por conta do suporte limitado a PDF’s. (Ter que converter mais de 4000 livros é um saco). Enfim, se você já tem, comente sua experiência abaixo.