[Atualização] Patrimônio Financeiro Março/2016 – Adeus aos aportes!

Olá galera, como já havia falado nos posts anteriores, decidi comprar um carro. E para isso infelizmente tive que resgatar meus aportes. O melhor de tudo (ou não) é que conseguiu resgatar um investimento que, me informara, teria liquidez somente no vencimento (um RDB).  Estranho, mas consegui.

Como me desfiz de todos meus investimentos, vou colocar logo os valores que eu conseguiu:

Meu Investimento Inicial: 3 mil reais em renda fixa,  e mais uns 1500 reais em renda variável

Então segue o seguinte:

RENDA FIXA:

Cdb Banco Sofisa – Valor do Resgate:   R$ 1.001,49 –  (Ainda Tem R$ 100,00 investidos lá que não pude resgatar devido não ter liquidez)
Rdb Omni S/A     – Valor do Resgate: R$ 1.118,06
Fundo Tesouro Direto Órama   – Valor do Resgate: R$ 1.107,69

AÇÕES:

Ogxp3 + Flma11 no total me deram R$ 1160,07

(Ou seja, perdi quase R$ 400 nessa.)
Isso totaliza R$ 4387,31. Ou seja, deveria ter investido esse valor em Renda Fixa. Você deve estar pensando que espécie de  carro vou comprar com pouco mais de 4 mil reais. Senta que lá vem história. Antes de ser demitida, minha mulher estava de licença maternidade. Ou seja, pela justiça trabalhista que fode com o empregador, ele só pode demiti-la um tempo depois de ela terminar a licença.  Até aí tudo bem. O tempo passou, ela recebeu os direito trabalhistas e esquecemos dessa história. Só que ela não havia trabalhado em mais nenhum lugar depois disso. Pelo contrário, ela se dedicou a criação do meu  filho, e depois acabou tendo outro. Só que ela não sabia que podia pedir salário maternidade .

Isso mesmo amigão, acredite se quiser.

As mulheres desempregadas têm direito à um “salário-maternidade “desde que tenham trabalhado algum período com carteira assinada  antes do nascimento da criança. Não importa o número de meses trabalhados, o que importa é o tempo decorrido entre a saída do emprego e o nascimento do bebê.  E o direito para solicitar é de até  fodendos 5 anos após o parto.

E o tempo passou (uns dois anos) . Recentemente  uma amiga lhe explicou que ela ainda poderia receber. Foi lá  na caixa e realmente havia um valor acumulado. Quanto?  Um pouco mais de 3 mil reais. Pagamos algumas contas e ainda sobrou 2500 reais. Ou seja, já tenho quase 7 mil reais. Porém não para por aí.  Mês que vêm vou receber minhas férias. Como vendi 10 dias espero receber por volta de 8 mil reais, já que ano passado recebi pouco mais de 6k sem ter vendido nada.  Se der certo vou ter acumulados quase 15k. Sim, eu sei que que gastar dinheiro com carro é jogar todo meu aporte no lixo. Mas sinceramente nem estava aportando. Se for pensar, nunca aportei de verdade, já que meu dinheiro aportado veio como o que sobrou de um empréstimo que fiz. Ou seja, não consigo controlar minhas dívidas. E irei fazer mais. Se eu realmente comprar o carro, irei cancelar o meu cheque especial, e futuramente meu cartão de crédito. Não tem como compatibilizar os dois, eu sei.

12824-dinheiro-voando
Adeus aportes!

Felizmente, ainda tenho o meu fundo previdenciário, que tem R$ R$ 8.443,35 aportados.

CONTRIBUIÇÕES FEVEREIRO

Se eu não conseguir comprar nenhum carro, o que pode vir a acontecer, darei entrada numa casa, como já falei, devido às constantes brigas com minha sogra. Para isso terei que utilizar o saldo do meu FGTS. Espero que consiga. Mas isso é assunto para outro post.