Warka Water, mais um amigo na autossuficiência dos pobretões.

Se existe algo que me desagrada é ter que ficar dependendo dos outros. Mesmo eu sendo um cristão eu sempre espero pelo pior, seja da vida ou das pessoas ao meu redor, neste mundo caído. É por essas e outras razões que eu sempre mostro ferramentas para a independência/autossuficiência pessoal. Não preciso dizer que se você ficar dependendo das pessoas ou do governo você vai se ferrar bonito.

Já mostrei aqui no blog como é mais viável produzir a sua própria comida, e recentemente como ter sua própria colméia, com dois sistemas fáceis de montar e gerenciar. Trago-vos hoje mais uma novidade: o Warka Water. Nem preciso dizer nada, apenas assista o vídeo abaixo (em inglês):

Para quem não entendeu nada o Warka Water é um “Dispositivo feito de bambu e fibra de banana permite produzir 100 litros de água por dia,”. A montagem é bem fácil (em no máximo um dia você monta) e não é preciso de ferramentas nem de eletricidade para fazer o treco funcionar. É apenas a lei da física e química trabalhando ao seu favor. Adeus companhias de água! Sim, 100 litros parece poucos para alguns vide o tamanho de uma caixa d’água de 2000 litros. Mas para uma pessoa só, uma caixa d’água  de 300 litros é mais do que suficiente. Ademais, a ideía é mais para consumo (já que a água é totalmente potável). Ora pense consigo mesmo quanto tempo dura um galão de 20 litros em sua casa? Se você toma 2 litros de água por dia, um galão vai durar 10 dias. Esse treco equivale a 5 galões por dia! Dá pra tomar banho sim, é só usar um balde. (Frugalidade + de 8000). Se duvidar ainda dá pra lavar uma louça. Eu sei que é um treco grande, mas para quem pretendia morar em alto mar numa ilha portátil como eu ele seria indispensável, até mesmo por conta das plantas e tudo o mais. E aí o que achou? Até o próximo post com mais dicas de frugalidade.

  • Pobre sonhador

    Cê sabe que se substituir essa rede de mosquiteiro por um plástico preto seria bem mais efetivo né? Abraços!

    • HighLander

      ´Não é bem uma rede cara, é uma estrutura feita de bambu, “acessível”, pois a estrutura é grande e meio cara, imagina de plástico então quanto é que não sairia…esses materiais foram os escolhidos pelas suas propriedades de absorção/rentenção de água e pelo baixo custo (a maior parte é encontrada na natureza). Além disso os criadores escolheram usar materiais biodegradáveis (sim, plástico também) para ser ecologicamente corretos. para mais detalhes: http://www.warkawater.org/design