Coisas que eu não gostaria de ter feito na minha adolescência – Parte 02

Obs: Este post era pra ser um continuação deste aqui. Mas como já se passou muito tempo, resolvi refazer o post, então não ligue se algumas coisas estiverem repetidas. Segue o post

Sem dúvida cada um de nós já fizemos muitas coisas no passado das quais nos arrependemos. E eu não falo aqui somente das grandes cagadas e esse tipo de coisa. Falo de atitudes que tomamos (ou deixamos de tomar) que poderiam ter mudado o nosso presente.

Atitude Nº 1: Leitura de livros.

Sim, isso mesmo que você leu. Eu sempre fui muito nerd na adolescência e vivia lendo. Até mesmo os livros didáticos da escola eu lia. A grande questão é que hoje eu percebo que 90% do que eu li não passa de lixo. Eu acreditava naquele mantra de que “quem estuda se dá bem ná vida” e mimimi, então sempre fui estudioso. Passei no vestibular e Enem de primeira, consegui até uma lixosa bolsa de estudos no prouni, (talvez a única coisa boa no meio disso tudo), mas fora isso pouca coisa me ajudou. Para você ter uma noção, veja o tipo de lixo que eu lia:

Coleção de livros do Harry Potter
Sim, eu li toda essa porcaria aí..Felizmente o único que eu comprei foi o do meio, o resto eu consegui pegando emprestado com amigos ou em bibliotecas…

 

Trilogia o Senhor dos Anéis + O Hobbit + Silmarillon
Sim, e a pentalogia do Senhor dos Anéis eu li também…pqp

 

Tudo bem que eram livros de ficcção, mas os únicos que ganharam dinheiro com isso foram a editora e a autora dos livros…

Uma outra categoria de livros lixos que eu li foram os de auto-ajuda e PNL…tá certo que eu sempre fui meio depressivo, mesmo na adolescência, mas eu realmente cheguei a acreditar nessas paradas na época. Segue a lista:

 

roberto shinyashiki
Porque todo japonês que eu conheço é picareta?
o sucesso é atingir a IF porra!
o sucesso é atingir a IF porra!
o
Apesar de gostar desse cara (tem uma frase que ele diz que conhecimento é poder…em potencial) eu nunca ganhei um centavo com os conselhos dele…

existem outros “picaretas” por aí, que prometem mudar sua vida caso você leia o(s) livros deles.

Nas deepwebs realistas, o PUA é uma das coisas mais pitorescas. Os caras REALMENTE acreditam que vão pegar as mulheres com aquelas técnicas e tal. Não meu amigo. Se você conseguiu pegar alguma mina usando aquilo foi simplesmente porque você é minimamente atraente e teve a coragem de levantar a bunda da cadeira e chamar a gata pra sair. A única coisa que funciona ali é o “DIRECT GAME” e mesmo assim só com alfas.

Sim, o idiota aqui chegou a pagar por uma merda dessas

Eu sempre falava nas “comunidades de sedução” que precisava de dinheiro pra pegar mulher e etc e era imediatamente escorraçado.  Felizmente eu acordei, pois pouco tempo depois havia conhecido a real.

Atitude Nº 2: Não trabalhar

Eu sempre tive idéias de negócios desde pequeno. Desde coisas sem futuro como vender balinha no sinal até mega-empreendimentos. Claro que eu não tinha dinheiro na época, porém pra vender bombom no sinal 10 reais já dá.

Faça as contas comigo. Uma balinha simples custa 3 centavos. Você vende por 10 centavos. Mesmo se fizer promoção por 5 centavos ainda sai no lucro. Sim, é verdade que o valor é pequeno, mas o lucro é bom.  Lembrando que nesse ramo o leque de produtos é incrivelmente grande, bem como os preços, porém a margem de lucro é sempre boa. Desde pirulitos de 50 centavos que você compra pela metade do preço a “kits” mais elaborados de 2 e 3 reais, como chocolates e bombons. O lucro mínimo é de 100%. Eu não gastava com nada na época, poderia ter aportado, nem que fosse numa poupança.

Atitude Nº 3: Não ter aprendido a programar

Eu comecei a aprender HTML em 2005. Naquela época era tudo fácil, ainda haviam muitos sites feitos no geocities e tudo o mais. Mas isso tudo sempre foi um hobby pra mim e não pensava que eu pudesse utilizar meus conhecimentos de forma profissional, ou ganhar dinheiro com isso. Estava me preocupando em fazer “assistência técnica” ou formatação. Segui o caminho errado  e me ferrei. Hoje em dia estou beirando os 30 e meu conhecimento em programação é pífio. E sinto uma dificuldade bem maior do que antes, sem contar que hoje em dia meu tempo é escasso. Se eu tivesse aprendido o que sei hoje quando tinha 15 anos talvez eu tivesse um rumo diferente.  Se você ainda é novo, eu recomendo fortemente que aprenda isso tudo o quanto antes.  HTML, CSS, PHP, JavaScript, Python, C e seus respectivos frameworks. Percebo que poderia ter tirado uma grana fácil. Sim, o mercado está muito concorrido então quem aprende coisas novas sempre tem um diferencial.

Atitute Nº 4: Ser tímido com as mulheres

Veja bem, eu, talvez por ter sido bonito, ainda tive algum sucesso com as mulheres na minha adolescência. Mas eu era muito exigente e só aceitava nota 7 pra cima. Além disso eu era “romântico” não queria ficar pegando todas. Então minhas experiências foram muito limitadas. Se eu fosse mais ousado, poderia ter tido melhores resultados. Eu era muito medroso achava que as meninas não gostavam de putaria e pensava que os pais delas iam me obrigar a casar com elas e tal. Enfim, coisas de nerd mesmo.

Atitude Nº 5: Não ter malhado

Peraí HighLander, não foi você que criticou os playboys alfas lá atrás? Sim fui eu. Mas na sua adolescência provavelmente é quando você tem mais tempo livre. Se eu fosse mais esperto arranjaria um espaço bom para realizar exercícios físicos básicos, mas eu como todo bom nerd não gostava disso, ficava jogando RPG e outras porcarias inúteis como xadrez. O resultado disso é que hoje estou acima do peso.

 

Enfim, existem muitas outras coisas que eu já falei, como ter cursado a escola regularmente ou não ter estudado para concursos fodas desde novo. Mas esses daí só se eu voltasse realmente no tempo pois eu nem tinha noção dessas coisas, as que eu listei lá em cima são coisas em que eu pensei em fazer durante a adolescência mas nunca executei. E você, o que gostaria de ter feito (ou não) no passado? Comente aí pra gente trocar uma idéia!