Post sem título

E aí galera tudo bem com vocês? Espero que sim pois comigo não está não. Muita coisa ruim acontecendo e nada para contrabalancear. Decidi que vou parar de publicar meu patrimônio aqui. O blog tem poucos acessos e na prática eu quase não postava nada mesmo, então creio que isso não fará diferença. Até porque a maioria dos blogueiros não conta carro, apartamento e outros como patrimônio. Vai entender. FGTS então nem se fala, mesmo que seja um dinheiro certo no futuro. De qualquer forma meus aportes sempre foram lixo e não foi esse mês que algo mudou. Não consegui a grana que eu queria, na verdade esse foi o primeiro mês em que realmente sobrou dinheiro pra mim e não quero me dar ao luxo de perder 50% num dia só, como aconteceu com vários em criptomoedas, ainda mais que eu vou precisar dele daqui uns dias. Mas não se preocupem, assim que eu quitar minhas dívidas e tiver os 100k livres para fazer o meu projeto eu postarei por aqui. Talvez o blog feche de vez sem nenhum aviso então qualquer coisa perguntem ao Mestre dos Centavos ou ao Pobre Sofredor que eles sabem onde me encontrar.

Então este blog a partir de agora será para tratar de avanços pessoais em geral, não os financeiros em específico. Segue a lista:

Japonês: Já leio bem todos os kana e conheço alguns kanjis (ideogramas japoneses). Ainda me confundo com os tempos verbos e os “adjetivos” conjugáveis. Mas isso são coisas que se aprende com o tempo, creio eu que a partir de agora eu esteja saindo do nível básico em em poucos meses chegarei no intermediário. Como eu estava um pouco imerso demais decidi trocar um pouco de língua. peguei aulas básicas de várias outras desde hebraico e russo até coreano e árabe. Apesar disso elas não me atraíram tanto (exceto o hebraico talvez).

Aparência: Tenho deixado minha barba e cabelo crescer, mas isso me parece mais um saudosismo da juventude quando eu era popular com as garotas. Será essa a crise dos 30? hahaha sem perceber virei um tiozão.  De qualquer forma sei o meu lugar e logo voltarei com o visual normal (ou não).

Olhos: tenho acompanhado o site endmyopia.  Eles tem alguns artigos científicos interessantes e até agora não cobraram nada então se funcionar beleza, apesar de ainda estar bem incrédulo quanto a isso.

Saúde: regredi bastante nessa parte. Apesar de sempre acompanhar os grupos vegetarianos no Facebook e ter encontrado alguns vídeos de receitas interessantes no YouTube o fato é que sou um completo desastre na cozinha e tudo que eu faço fica ruim demais. Eu não sei se o meu paladar é muito exigente, mas até mesmo os produtos que as pessoas recomendam comprar e falam que é maravilhoso eu falto vomitar com essas coisas. Até onde eu tenho tentado tudo que é saudável ou tem um gosto ruim ou é caro e trabalhoso demais de se fazer. Acho que a única exceção a regra são as frutas e os grãos crus em si mesmo.

Livros: Tenho tentado ler em japonês mas é um saco ter que olhar no dicionário cada kanji novo ou um novo significado para aquele verbo. Nesse quesito ainda estou muito longe da fluência, mas é bom poder ler uma frase e identificar e poder identificar as partículas, sujeito, verbo e substantivos.

De vez em quando retomo a leitura de um ou outro mas por conta da minha atual situação não consigo ler mais de um capítulo por dia. Nesse ritmo nem ao final deste ano terminarei os livros que desejo.  Creio que o maior problema é que a maior parte destes livros não me trazem nenhum retorno imediato e eu não tenho muito mais tempo para aprender.

Cursos: Estou aprendendo blender (modelagem 3d) e descobri que é bem mais fácil que pensei. É uma pena que o uso de mouse seja praticamente obrigatório. Outro ponto negativo é a demora na “renderização”. Fora o fato de que meu note atual é bem modesto então é algo que mesmo tendo o conhecimento não poderei aproveitar tão cedo.  Baixei algumas apostilas de C, C# e C++. Não li ainda, mas dessa vez o material é bem didático não tenho muitas desculpas quanto à isso. Também estou tentando desenhar, mas meus traços estão abaixo do horrível, não creio que exista alguém pior que eu.

 

O que mais me deixa chateado seja nos desenhos ou na comida é que parece que meu esforço não leva a lugar algum. Em algumas áreas me parece que eu sou naturalmente talentoso, mas em outras parece que apenas gostar do que faz não basta.

 

Religião: Estou meio afastado ultimamente, mas na verdade é um pouco de repulsa ao pós-modernismo dominante. Nesse ponto aprecio o mindset judaico e até mesmo islâmico que não se dobraram frente aos esquerdismos por aí. Não sei muito o que fazer, é meio foda ficar sozinho ou ser o único herege da turma.

 

Música: Gosto muito de piano e teclado e realmente queria comprar um pra mim. Não seria um investimento seria apenas mais um dos meus hobbys. Tocar e até mesmo compor canções parece muito interessante. Mas no momento minha condição financeira não permite nada disso.

 

Não revelei muitas coisas ruins dessa vez por ser algo muito pessoal, coisas de família mas já adianto que não é sobre meu casamento que se mantém estável, portanto vai bem.

 

No meu emprego as coisas vão de mal a pior mas não corro risco de demissão, exceto de ganhar menos num futuro não tão próximo.

 

Jogos: recentemente lançaram Dragon Ball FighterZ. Não sou muito de jogar mas tá aí um que eu queria experimentar e poderia passar horas jogando.

 

  • Pobre Sofredor

    Rapaz não me bota essa responsabilidade não. hahaha

    Esperando pelo post sobre endmyopia

    Cara o render do Blender sempre foi lento, não importa a sua máquina, esse é o defeito proposital desse programa. Todo opensource tem. Dá para usar outros renders melhores e mais rápidos, só que são pagos ou são versões incompletas, tipo o renderman da Pixar.

    Já falei que você é o religioso mais cético que conheço. Mas também, o cristianismo moderno se aviadou, o líderes se corromperam e são tão esquerdistas quanto os fundadores da ideologia de merda que seguem. A Teologia da Libertação está voltando com toda a força e o lixos não criam nem um nova tática para esconder, simplesmente negam e distorcem os argumentos dizendo que não é esquerdismo. Jesus socialista surgiu da onde então?

    Compra um teclado cara, é muito bom tocar um instrumento, música é um dos melhores hobbies.

    Abraços!